Volkswagen Caminhões e Ônibus expande vendas de cavalos mecânicos na Colômbia

A montadora alcançou a marca de 148 veículos vendidos até outubro, conquistando 38,08% da fatia do mercado colombiano.

A Volkswagen Caminhões e Ônibus bateu recorde de vendas de cavalos mecânicos com tração 4×2 (VW Constellation 19.360 e 17.280) na Colômbia, de janeiro a outubro de 2021. Segundo informações Federação de Empresários do Transporte de Carga (Fedetranscarga), a montadora, que já era líder no acumulado de janeiro a setembro, atingiu a marca de 148 veículos vendidos até outubro, conquistando 38,08% da fatia do mercado colombiano.

Esse número representa quase o dobro de vendas realizadas em 2020. No ano anterior, a Volkswagen alcançou 23,29% de participação nas vendas do país latino, ficando na vice-liderança das vendas de cavalos mecânicos.

Para Paulo Kramer, consultor comercial da companhia, o aumento significativo no número de vendas está relacionado ao fato de que a montadora foi uma das primeiras a explorar o segmento de caminhões com tração 4×2 no país, além de adaptar-se às necessidades do mercado colombiano.

“Este nicho de mercado possuía pouca oferta e demanda, tendo em vista que os cavalos mecânicos empregados pelas transportadoras da Colômbia sempre eram com tração 6×4. Com a robustez, confiabilidade e baixo custo operacional, pudemos comprovar às empresas que para uma boa parte dos produtos que transportavam em seus semirreboques, os veículos com tração 4×2 supriam com vantagem suas necessidades, sem qualquer risco à operação”, explica.

Segundo o executivo, essa configuração traz maior produtividade para os operadores. “Os cavalos mecânicos com tração 4×2 operam com quatro pneus, enquanto que os caminhões 6×4 trabalham com seis rodas. Isso acaba gerando economia para os clientes daquele país, que antes não tinham chance de escolha e gastavam mais com manutenção desses pneus.”

Por