O sistema de transporte de Bodö, na Noruega, será o mais setentrional do mundo a operar com ônibus elétricos

A cidade de Bodö, no extremo norte da Noruega, que fez um pedido de 31 ônibus elétricos Volvo que entrarão em operação em julho de 2021

As cidades europeias continuam a preparar os seus sistemas de transporte público para o futuro. Mais recentemente, a cidade de Bodö, no extremo norte da Noruega, fez um pedido abrangente composto por 31 ônibus elétricos Volvo, infraestrutura de recarga e serviços. Quando os ônibus entrarem em operação em julho de 2021 serão os ônibus elétricos mais setentrionais do mundo, e os primeiros a entrar operação ao norte do Círculo Polar Ártico.

“Este é o maior projeto de sustentabilidade para o transporte rodoviário no norte da Noruega, e é de imensa importância para a região e para nós ”, diz Anders Mjaaland, diretor administrativo do Grupo Saltens, proprietário da Nordlandsbuss, a operadora dos ônibus elétricos.

A transição para ônibus elétricos silenciosos e livres de emissões de gases melhora o ambiente urbano ambiente e reduz drasticamente o impacto climático do transporte público em Bodö. Isto também marca um passo importante para alcançar as ambiciosas metas climáticas da Noruega, que

entre muitas outras coisas estipulam que todos os ônibus urbanos no país devem ser capazes de operar sem emissões até 2025.

O acordo veio após uma análise bem completa das incomuns pré-condições para a operação do ônibus elétrico. “Cada cidade é única e para criar uma solução ideal é vital que tudo seja devidamente projetado para atender às necessidades e condições locais. Por esse motivo, nossa análise inicial, incluindo simulação de rota, desempenha um papel crucial em nosso modelo de negócios. Topografia, frequência de rota e proximidade com a garagem e oficina são outras considerações importantes em nossa oferta ”, explica Svenn-Åge Lökken, diretor de vendas da Volvo Buses na Noruega.

Os benefícios ambientais da eletrificação de ônibus também abrem novas possibilidades para planejamento urbano futuro. À medida que as emissões e o ruído desaparecem, a disponibilidade pode ser melhorada. Os ônibus podem operar em áreas sensíveis no centro da cidade, e pontos de ônibus podem ser construídos onde isso não era possível anteriormente, incluindo dentro de edifícios.

Dos 31 ônibus elétricos que compõem o pedido, 17 são Volvo 7900 de 12 metros e os 14 restantes são articulados elétricos Volvo 7900 de alta capacidade, que podem transportar até 120 passageiros. A infraestrutura de recarga será entregue pela ABB.Outras cidades norueguesas que como Bodö escolheram a solução da Volvo Buses para eletrificação do transporte público são Drammen e Ålesund, que encomendaram 63 ônibus elétricos em 2020.

A cidade de Bodö foi escolhida como a Capital Europeia da Cultura para o ano de 2024, o que faz dela a primeira cidade localizada acima do Círculo Polar Ártico a receber a distinção.

Por