Expansão do Tecon de Santos será concluída cinco anos antes do previsto

Em 2024, serão alocados mais R$ 420 milhões ao terminal, aumentando sua capacidade dos atuais 2,4 milhões de TEUs para 2,6 milhões de TEUs até o final do ano

A Santos Brasil acelerou a conclusão da expansão do Terminal de Contêineres (Tecon) de Santos cinco anos antes do previsto. O projeto aumentará a capacidade de 2,4 milhões de TEUs para 3 milhões de TEUs. A capacidade operacional ampliada será entregue já em 2026, conforme confirmado pela empresa na quinta-feira (4).

A expansão do Tecon Santos, iniciada em 2019, envolve um investimento de R$ 2,6 bilhões, dos quais aproximadamente R$ 1,3 bilhão já foi desembolsado. Em 2024, serão alocados mais R$ 420 milhões ao terminal, aumentando sua capacidade dos atuais 2,4 milhões de TEUs para 2,6 milhões de TEUs até o final do ano. De 2026 a 2031, os investimentos restantes se concentrarão na substituição de equipamentos, melhoria do tráfego e dos níveis de serviço, descarbonização e modernização de sistemas. No entanto, todas as medidas que impactam a capacidade serão concluídas até 2026.

O CEO da Santos Brasil, Antonio Carlos Sepúlveda, afirmou em nota que acelerar os investimentos no Tecon Santos garantirá que o Porto de Santos possa atender à sua crescente demanda, que tem apresentado um aumento médio de contêineres de 3,3% ao ano na última década.

Veja também

Por