BNDES aprova condições para concessões de rodovias em MG e Goiás

Com um prazo de 30 anos para cada concessão, os investimentos somados devem superar R$ 10 bilhões nos dois estados

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou as condições de apoio para as concessões da BR-381, que liga Belo Horizonte a Governador Valadares, e do trecho da BR-040, conhecido como Rota dos Cristais, conectando a capital mineira ao entroncamento com a BR-050, em Goiás. Os leilões para essas concessões estão agendados para 29 de agosto e 26 de setembro deste ano, respectivamente.

As concessões visam a recuperação, melhorias, ampliação da capacidade de tráfego, conservação, manutenção e operação das rodovias. Com um prazo de 30 anos para cada concessão, os investimentos somados devem superar R$ 10 bilhões nos dois estados.

O projeto de concessão da BR-381 foi remodelado após uma tentativa no ano passado, com um escopo redesenhado e maior retorno, levando em conta as dificuldades geológicas do trajeto. A expectativa é que a revitalização e melhorias previstas aumentem a fluidez e segurança da via, conhecida pelo alto número de acidentes.

A Rota dos Cristais marca a inauguração da quinta etapa do programa de concessões de rodovias federais, que traz diversos aprimoramentos regulatórios e inovações tecnológicas, como o sistema de cobrança eletrônica free flow, eliminando a necessidade de parada em cabines, e o desconto na tarifa para veículos equipados com tag.

O Governo Federal, por meio do Novo PAC, planeja leiloar 32 novas concessões rodoviárias federais até 2026, além das concessões estaduais em estruturação, impulsionando o crescimento do setor.

Os vencedores dos leilões poderão optar pelas condições propostas antecipadamente pelo BNDES ou pelas condições vigentes na ocasião da aprovação da operação.

Veja também

Por