Renato Sarahan Salgueiro, gestor de expansão e novos negócios do Grupo Mirassol: “Atualmente, atendemos os segmentos agrícola e químico, mas pretendemos expandir a atuação para todo o setor que necessita de armazenagem com temperatura controlada, o que é o caso da indústria farmacêutica, de alimentos e químicos”

O Grupo Mirassol investiu fortemente em logística, infraestrutura e tecnologia em 2022, o que incluiu a aquisição de 150 carretas. Neste ano, planeja comprar mais 100 carretas e 20 cavalos mecânicos

Transporte Moderno – O Grupo Mirassol prevê um crescimento de 50% de sua capacidade operacional em 2022. O que sustentará esse crescimento?

Renato Salgueiro Este crescimento de 50% da capacidade operacional é focado na operação logística do Grupo Mirassol no interior de São Paulo, sendo que 40% de crescimento em logística e 60% em transporte. Aumentamos nossa operação principalmente para continuar atendendo as demandas contratadas dos nossos clientes. E toda vez que essa necessidade aparece, nós nos preparamos para atender outras demandas do mercado também. Dessa forma, aumentamos nossa capacidade para manter nosso atendimento de excelência aos nossos clientes atuais e nos preparamos com pelo menos 30% excedente para novas prospecções.

Transporte Moderno – Neste modelo de operação, com empresas de transporte, armazenagem, tecnologia, locação e segmento químico, qual está em ritmo maior de crescimento? 

Renato Salgueiro O maior crescimento está principalmente na logística e na área industrial, de forma pulverizada. Estamos crescendo muito com clientes nos segmentos químico, bens de consumo, agro, óleo e gás. 

Transporte Moderno – No segundo semestre, o Grupo Mirassol terá dois novos centros logísticos. Onde serão instalados?

Renato Salgueiro Até julho de 2022, serão dois novos centros logísticos do Grupo Mirassol. Em breve, estaremos completamente instalados em Caçapava e Louveira.  

Transporte Moderno – Essa ampliação de capacidade é para atender qual segmento?

Renato Salgueiro Serão para atender com mais qualidade e excelência os segmentos agrícola, químico e segmento de embalagens.

Transporte Moderno – A Mirassol Logística está ampliando a capacidade em Louveira para atuar em novos segmentos?

Renato Salgueiro Atualmente, atendemos os setores agrícola e químico, mas pretendemos expandir atuação para todo o segmento que necessita de armazenagem com temperatura controlada, o que é o caso da indústria farmacêutica, de alimentos e químicos. Este novo centro logístico está sendo preparado para atender esta demanda.

Transporte Moderno –  Além do farmacêutico, qual segmento a empresa pretende atuar?

Renato Salgueiro No segmento industrial de uma maneira geral, commodities, químico, alimentício, bens de consumos e agro.

Transporte Moderno – Com a mudança a empresa vai contratar mais empregados?

Renato Salgueiro Temos a possibilidade de chegar a 150 pessoas contratadas em Louveira até o final de 2022. Com a perspectiva de criação de mais 1.000 novas vagas em todo o Grupo Mirassol até 2023.

Transporte Moderno –  Hoje quantas pessoas trabalham no local?
Renato Salgueiro
Atualmente, temos 20 pessoas já trabalhando em Caçapava e 45 atuando em Louveira. 

Transporte Moderno –  O novo centro logístico inaugurado em maio em Caçapava atende qual segmento?
Renato Salgueiro Embalagens de alumínio

Transporte Moderno – Com as 40 novas vagas abertas em Caçapava, quantas pessoas passam a trabalhar neste local?

Renato Salgueiro No momento, temos 20 vagas disponíveis, pois 20 colaboradores já foram contratados.

Transporte Moderno – Com o plano de expansão, a empresa pretende chegar a que tamanho de capacidade até 2025?

Renato Salgueiro Dentro de nosso plano de expansão, visando 2025, a previsão é de até 100% de crescimento de todo o grupo.

Transporte Moderno – Quanto a empresa está investindo para aumentar a capacidade operacional?

Renato Salgueiro Investimos fortemente em logística, infraestrutura e tecnologia, e em 2022 o investimento é de mais de R$ 50 milhões.

Transporte Moderno –  O crescimento esperado é uma sinalização de que os segmentos o qual a empresa atua estão bem fortalecidos depois do grande impacto enfrentado com a pandemia?

Renato Salgueiro Não, o crescimento desses segmentos não tem relação direta com pandemia, não foi impulsionado por ela. Na verdade, eles foram segmentos bem resilientes durante o período pandêmico, e resistiram bem a tudo que aconteceu. E, passado este período, o crescimento deles está sendo em um ritmo já esperado e seguindo normalmente a sua linha de crescimento. 

Transporte Moderno –  Além do investimento em aumento de capacidade operacional, a empresa está investindo em caminhões?

Renato Salgueiro Sim, na verdade nós mantemos um investimento contínuo na capacidade de nossa frota. Fazemos uma renovação continua, a cada dois anos.

Transporte Moderno – Hoje, quantos caminhões a empresa tem na frota para as operações logísticas?

Renato Salgueiro Hoje nós gerenciamos mais de 1.500 veículos, sendo 70% carretas e 30% cavalo mecânico, a maior parte desses veículos pertencem aos terceiros que prestam serviço para o Grupo Mirassol. Desta forma, a empresa mantém um crescimento saudável e contínuo.

Transporte Moderno – Quantos caminhões o Grupo Mirassol pretende comprar?

Renato Salgueiro Este ano já foram adquiridas 150 carretas e estudamos adquirir mais 100 carretas e 20 cavalos mecânicos.

Por