Contran volta a permitir uso de cavalos mecânicos 6×2 em bitrens

A Resolução nº 882 do Contran, publicada em 24 de dezembro no Diário Oficial, entrou em vigor em 3 de janeiro, acabando com a exigência de cavalos mecânicos 6×4

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) fez mudanças no sistema de pesos e dimensões para os caminhões pesados. Por meio da Resolução nº 882, que entrou em vigor em 3 de janeiro, o órgão volta a permitir o uso de cavalos mecânicos 6×2 em bitrens de sete eixos.

De acordo com o documento, as combinações de veículos de carga com até 58,5 toneladas de Peso Bruto Total Combinado (PBTC) poderão novamente ser tracionadas por cavalos mecânicos com tração simples (4×2 ou 6×2).

Por se tratarem de uma configuração com 19,8 metros de comprimento e PBTC máximo de 57 toneladas, os bitrens de sete eixos se enquadram na nova redação dada pelo Contran. Com isso, o uso de cavalos mecânicos 6×4 fabricados a partir de 2011, até então obrigatório, passará a ser opcional. A mudança na legislação era uma reinvindicação do setor de transporte rodoviário de cargas brasileiro.

Confira aqui a Resolução nº 882 do Contran.

Por