Helibras entrega o primeiro helicóptero multimissão H225M em sua versão operacional naval para a Marinha do Brasil. A aeronave é parte do contrato assinado em 2008 entre o Consórcio Helibras-Airbus e o governo brasileiro, que prevê a entrega de 50 H225M, incluindo sete versões projetadas e produzidas na fábrica da Helibras em Itajubá (MG)

Por meio de tecnologia embarcada de ponta, a aeronave possibilitará a Marinha do Brasil realizar as mais diversas e complexas missões

O primeiro helicóptero multimissão H225M em sua versão operacional naval foi entregue para a Marinha do Brasil, iniciando sua entrada em operação na base aérea naval de São Pedro d’Aldeia. A aeronave H225M Naval é parte do contrato assinado em 2008 entre o Consórcio Helibras-Airbus e o governo brasileiro, que prevê a entrega às três Forças Armadas Brasileiras de 50 aeronaves do modelo, incluindo sete versões diferentes projetadas e produzidas na fábrica da Helibras em Itajubá (MG).

Desenvolvida pelo time de engenharia da Helibras e Airbus Helicopters, a versão naval da aeronave H225M é a mais complexa desse modelo já produzida. A aeronave conta com sistemas embarcados, incluindo o EWS IDAS-3 (sistema de contramedida), mísseis Exocet AM39 B2M2, da MBDA, o radar tático APS143 e o sistema de missão naval o N-TDMS (Naval Tactical Data Management System), desenvolvido em parceria com a Atech e Airbus Defense and Space, o qual é responsável por fazer o comando e controle de todos os sistemas embarcados, incluindo o sistema de mísseis.

Em junho deste ano, a última etapa da campanha do tiro com os mísseis Exocet AM39 B2M2 foi realizada com sucesso e certificada pelo IFI, representando um grande passo para a autonomia industrial e tecnológica do país.


“Estamos muito orgulhosos por essa conquista e pela dedicação e profissionalismo das nossas equipes, dos nossos parceiros industriais, e das Forças Armadas Brasileiras, demonstrando o espírito de colaboração e parceria dessas instituições, bem como comprovando a capacitação industrial e tecnológica da Helibras e do Brasil em entregar uma das soluções mais modernas do mundo às Forças Armadas e garantindo a soberania nacional na fabricação de helicópteros”, acrescenta Jean-Luc Alfonsi, presidente da Helibras.


Essa aeronave permitirá à Marinha do Brasil realizar operações SAR, CSAR, controle de área e ataque ar-superfície, além da defesa e vigilância da Amazônia Azul, contando com sistemas embarcados de ponta e alta capacidade tecnológica agregada.

Por