Salete Marisa Argenton, gerente geral da Fabet: “Precisamos investir nos motoristas na proporção necessária ao investimento em caminhões modernos, tecnológicos e potentes”

A especialista em segurança no transporte participa do II Fórum Transporte Sustentável, no dia 14 de outubro. “Nossa expectativa é de termos novamente momentos memoráveis de conhecimento”, comenta

Transporte ModernoComo a Fabet (Fundação Adolpho Bósio de Educação no Transporte) tem contribuído para a segurança no setor de transporte e logística?

Salete Marisa Argenton– A Fabet como instituição educacional se dedica integralmente ao processo de treinamento e desenvolvimento dos profissionais que atuam no setor do transporte e logística, preparando-os para que em cada área – do operacional aos níveis de gestão – tenham as habilidades e competências necessárias à profissionalização,  que contribui   para a segurança e sustentabilidade das operações. Integrar pessoas às tecnologias, aproximando, valorizando o capital humano, respeitando, compreendendo que o maior ativo de uma organização são as competências das pessoas, certamente serão mais curtos os caminhos para a humanização do trânsito e o acidente zero.

Transporte Moderno – Quais os principais causadores de acidentes nas estradas brasileiras?

Salete Marisa Argenton – Temos uma série de causas dos acidentes e que envolvem várias situações de adversidades, sejam do condutor, das vias, do tempo, do veículo, da carga, do trânsito. A negligência, imprudência ou imperícia fazem parte desta rotina de acidentes e o fator humano predomina. Educação e respeito, associada a motoristas capacitados, treinados e preparados para os desafios do trânsito, das rodovias e das estradas podem mudar a realidade atual, sejam condutores de veículos leves ou pesados.

Quando o tema é veículos pesados e tecnológicos, é fundamental que os profissionais saibam utilizar de forma correta as potencialidades dos caminhões, usando a seu favor a modernidade das tecnologias embarcadas. Dominar a máquina, compreendendo todos os riscos da atividade e tendo as habilidades e competências desenvolvidas para assegurar uma condução segura e também eficiente.

Transporte Moderno – Qual a importância do treinamento dos motoristas para um transporte mais seguro?

 Salete Marisa Argenton – Fundamental a profissionalização com instituições especializadas. Precisamos investir nos motoristas na proporção necessária ao investimento em caminhões modernos, tecnológicos e potentes. É mister desenvolver os condutores. Desenvolver as duas competências fundamentais: comportamental e técnica para garantir resultados mais efetivos em segurança e eficiência, significa garantir saúde financeira para as empresas e perenidade do negócio.

Transporte Moderno – As empresas do setor já incorporaram o programa SSMA em suas práticas diárias?

Salete Marisa Argenton – Timidamente estamos avançando. À medida que os diferentes perfis de transportes – como cargas secas, líquidas, perigosas, passageiros, off road e distribuição -, investem no desenvolvimento dos gestores, com foco em segurança, sejam líderes de SSMA, frota, operação ou administração, os resultados se evidenciam. A caminhada é longa e contínua. Segurança é uma questão de cultura e de valor inegociável para uma empresa de transportes e que perpassa por todas as áreas e os gestores precisam implementar ações que possam garantir uma rotina de SSMA. Gestão da segurança veicular, da saúde e qualidade de vida, responsabilidades ambientais, sociais e éticas, gestão da segurança viária, gestão de pessoas, tecnologia e segurança, gestão das situações de risco e de acidentes precisam fazer parte da agenda diária das lideranças e com planos concretos para o alcance dos resultados necessários.

Transporte Moderno – O motorista ainda resiste aos programas de formação e treinamento, ou já encara este tipo de ação como benéfica?

Salete Marisa Argenton – Os condutores sabem que é necessário estudar, aperfeiçoar-se, conhecer as tecnologias e novos equipamentos, entender as expectativas dos clientes em tempos modernos e todas as mudanças que compõem o setor. O perfil do profissional requerido pelo mercado mudou infinitamente, e quem não for competente na arte de conduzir com segurança e eficiência e atender aos diferentes papéis que lhe cabem, o próprio mercado excluirá de forma natural. Entretanto, é necessário que os empresários do setor invistam em suas pessoas. Valorizem o capital humano. Capacitem seus colaboradores.

Transporte Moderno – Como estimular o motorista a colocar em prática uma condução mais sustentável?

Salete Marisa Argenton – Oportunizar ao motorista para que compreenda o seu papel neste cenário de segurança, eficiência e sustentabilidade, valorizar a profissão, com reais condições para que desempenhem a função de forma adequada e estimular nos profissionais o senso de dono, o compromisso e a responsabilidade que toda a sociedade precisa ter com a agenda voltada às ações que possam garantir  um ambiente melhor para as gerações atuais e vindouras. Isso é uma questão de sobrevivência e não mais de escolhas.

Transporte Moderno – Qual a expectativa em relação ao II Fórum Transporte Sustentável?

Salete Marisa Argenton – Nossa expectativa é de termos novamente momentos memoráveis de conhecimento, compartilhamento de experiências e ações inspiradoras que nos ajudem cada vez mais a contribuirmos para um transporte mais sustentável e um trânsito mais humano.

Mais informações: II Fórum Transporte Sustentável

Inscrições: AQUI

Por