Montadoras apresentam novidades e destaques na Lat.Bus 2021

A Lat.Bus Transpúbico 2021 é uma excelente oportunidade para conhecer os mais recentes produtos e serviços desenvolvidos pela indústria de ônibus. As principais fabricantes do mercado marcaram presença no evento

Mercedes-Benz

A novidade da Mercedes-Benz é o serviço de telemetria e conectividade para ônibus, que estará disponível no mercado brasileiro a partir de 2022. Entre as principais funcionalidades do sistema estão o monitoramento e diagnóstico de falhas em tempo real, eventos georreferenciados, sistema de diagnose remota e análise online do comportamento do veículo.

Outro destaque foi o eO500U, um modelo padron 4×2 de piso baixo, para carrocerias de até 13,2 metros. Segundo a Mercedes-Benz, o modelo terá autonomia de 250 quilômetros, a maior entre os ônibus elétricos no Brasil, além da maior capacidade de transporte de passageiros do segmento. O sistema de recarga de baterias é do tipo plug-in, levando até três horas para a recarga completa.

A empresa também exibiu o modelo O 500 Super Padron, ônibus 4×2 para até 100 passageiros, o chassi de ônibus OF 1621 para fretamento e a versão de 430 cavalos do motor OM 457 LA da linha O 500, que é o mais potente da marca para ônibus no Brasil, equipando o O 500 RSD 2443 6×2 e o O 500 RSDD 2743 8×2.

Iveco Bus

A Iveco Bus lançou na Lat.Bus Transpúblico 2021 o chassi para micro-ônibus de 10-190 para o mercado de urbanos, fretamento e turismo. Segundo Roberto Pavan, gerente de marketing da Iveco Bus, o motor FPT NEF 4ID de quatro cilindros e 4,5 litros, com 190 cv de potência e 610 Nm de torque, garante maior capacidade na subida e uma retomada mais rápida, além do menor consumo de combustível. “E mesmo com a baixa provocada pelo ar-condicionado ligado, o veículo ainda é o mais potente do mercado”, disse Pavan.

Com capacidade para 36 passageiros, o modelo de 10,5 toneladas foi projetado e desenvolvido no Complexo Industrial da Iveco em Sete Lagoas, Minas Gerais. O chassi 10-190 vem equipado com transmissão de seis velocidades – único no segmento com a sexta marcha, de acordo com o fabricante – que permite melhor escalonamento e, por consequência, economia de combustível.

Volkswagen Caminhões e Ônibus

A Volkswagen Caminhões e Ônibus apresentou os novos chassis com motor dianteiro – o 10.160 OD e 15.190 ODS. O modelo 10.160 OD tem nova configuração, que permite maior quantidade de poltronas. Já o modelo 15.190 ODS foi desenvolvido para as grandes cidades, mas também é indicado para fretamento, sendo o único do segmento com suspensão a ar.

Outro produto destacado no evento é o Volksbus 22.280 ODS de 15 metros, que teve o seu pré-lançamento realizado em dezembro de 2019 na fábrica de Resende, no Rio de Janeiro. Para o programa Caminho da Escola, a Volkswagen assinou recentemente novo contrato que dá o direito de vender 2,5 mil ônibus Volksbus 15.190 ODR – ORE3 –, com capacidade para transportar até 59 alunos.

Volvo

A Volvo apresentou nova modalidade financeira para os operadores de ônibus rodoviários, que podem colocar os veículos na estrada sem qualquer investimento inicial, pagando apenas uma parcela mensal. Esta opção permite que o transportador utilize o ônibus por um período pré-determinado entre 36 e 60 meses, podendo devolvê-lo ao final do contrato.

“É um modelo de leasing operacional muito parecido com uma oferta de locação ou assinatura de veículos, que existe no mercado de automóveis”, explicou Paulo Arabian, diretor comercial de ônibus da Volvo no Brasil.

O transportador poderá escolher o que fazer ao término do contato: devolver o bem ao Banco Volvo ou ofertar uma proposta de compra e permanecer com o veículo definitivamente.  “O serviço é exclusivo para ônibus rodoviários pesados, como os chassis B420R+ e B450R+, recentemente lançados pela marca”, informou Arabian.

Scania

A Scania exibiu a sua variedade de produtos, composta por quase 30 modelos de chassis indicados ao transporte urbano, intermunicipal, fretamento, rodoviário e de turismo, além dos modelos a gás para o mercado de urbanos e rodoviários.

A empresa está otimista com o mercado de ônibus no segundo semestre de 2021 e para o ano de 2022 com a retomada gradual de vendas. Diante do impacto negativo causado pela pandemia da Covid-19 as empresas tiveram que postergar a renovação e a ampliação das frotas, mas agora estão voltando a comprar e negociar lotes para o ano que vem.

Mercedes-Benz Vans

A Mercedes-Benz Vans participou da feira de transporte apresentando em seu estande virtual vídeos da linha de vans de passageiros, com destaque para a Sprinter 19+1, que tem como diferencial a entrada dos ocupantes pela porta dianteira.

“A Sprinter é líder absoluta de mercado a mais de quatro anos consecutivos. Em 2021 até agosto já foram emplacados 6.301 veículos, incluindo vans de passageiros, furgões e Sprinter truck, representando 33,1% de participação de mercado e um volume maior que no mesmo período de 2020”, destacou Jefferson Ferrarez, presidente e CEO Mercedes-Benz Cars & Vans Brasil. “Especificamente no segmento de vans de passageiros, estamos com 61,3% de participação de mercado, com 2.366 unidades vendidas até agosto de 2021.”

Ferrarez comentou que, com o avanço da vacinação, a vida voltando ao normal e a economia do Brasil se consolidando, há enorme potencial de crescimento no mercado de large vans para os próximos anos e a empresa está preparada para isso.

Por