Ford apresenta nova divisão de veículos comerciais no Brasil

A nova área de negócios na América do Sul dedicada 100% ao segmento de comerciais leves terá como um dos seus pilares a van Transit, que será produzida no Uruguai

A Ford lançou a divisão de veículos comerciais no Brasil, que vai atuar na região como parte da nova organização global Ford Pro. A nova área de negócios conta com uma estrutura dedicada de engenharia, manufatura, vendas, pós-vendas e experiência do consumidor, incluindo recursos de conectividade.

“A Ford é líder mundial em veículos comerciais, conhece esse consumidor melhor do que ninguém. Com essa nova organização 100% dedicada ao segmento, vamos trabalhar com um só objetivo, que é garantir o menor custo de posse e o maior retorno para os nossos clientes”, diz Guillermo Lastra, diretor de veículos comerciais da Ford América do Sul.

Segundo Lastra, a Ford Transit é líder de vendas em seu segmento nos mercados da Europa e dos Estados Unidos, e será um dos pilares do novo negócio de veículos comerciais da marca. Na Europa, a Ford já anunciou a chegada da versão elétrica E-Transit, de 2 toneladas. Em 2021 a montadora alcançou o total de 220 mil Transit comercailizados.

Para o lançamento no Brasil e na América do Sul, a Transit passou por um extenso programa feito pela engenharia brasileira no centro de desenvolvimento do produto da Ford na Bahia e no campo de provas de Tatuí, no interior paulista, em parceria com os centros de engenharia da marca na Inglaterra e na Alemanha.

A fábrica de Montevidéu, no Uruguai, implementada em parceria com a Nordex, será dedicada à produção da Transit e recebeu aportes de US$ 50 milhões. Será a quinta unidade fabril do mundo a produzir a Transit, ao lado de Turquia, Rússia, China e Estados Unidos.

“A nova fábrica é resultado de um modelo inovador de parceria da Ford com a Nordex, empresa especializada em manufatura e com mais de 50 anos de experiência no setor. Ela garante uma estrutura altamente eficiente e com custos competitivos para atender o tamanho e as necessidades do nosso mercado, com padrão global de excelência e qualidade”, afirma Lastra.

Com o crescimento do segmento de veículos comerciais leves na América Latina, a Ford espera que a Transit conquiste mais espaço no mercado. “Além de ser a mais tecnológica e equipada da categoria, a Transit também tem a maior potência e torque, a melhor conectividade, assistência ao motorista, dirigibilidade, central multimídia, segurança, conveniência e conforto acústico”, comenta Flávio Costa, gerente de vendas de veículos comerciais da Ford.

A linha será produzida inicialmente neste semestre no modelo de passageiros, ou Minibus, nas quatro versões de 15, 16, 18 e 19 ocupantes, incluindo o motorista, adaptadas em um ModCenter específico, além da chamada versão vidrada, sem bancos, para o cliente configurar como for preciso. A versão de carga, ou furgão, chega no primeiro semestre de 2022 com as opções de cabine média ou longa, também configuráveis. A Ford desenvolveu ainda uma rede de transformadores e adaptadores certificados para fazer as modificações que o cliente precisar na Transit.

A Transit já chega com motor Euro 6 (Proconve P7) e, de acordo com o fabricante, apresenta o maior torque e potência da sua categoria. A direção elétrica possibilita três formas de condução. “O custo de posse é 2% a 3% menor que os similares e os custos de reparo são 15% inferiores aos modelos que existem no mercado”, afirma Costa.

Segundo a Ford, a conectividade é um dos grandes diferenciais da Transit para poder operar sem parada o máximo de tempo possível. O modelo vem com um modem embarcado, o FordPass Connect. Com o aplicativo FordPass, o cliente pode saber a localização em tempo real do veículo e enviar comandos remotos pelo celular, como travar e destravar portas, dar a partida, checar o nível do combustível, a quilometragem e quanto falta até a próxima revisão.

O modem embarcado trabalha conectado com todos os sistemas eletrônicos da Transit e pode identificar mais de três mil modos de falha, desde falta de água no reservatório do limpador de para-brisa ou pneu descalibrado, por exemplo, até variações no desempenho do motor. Além de gerar um alerta no celular, orienta o que é preciso fazer para corrigir o problema. O FordPass também permite agendar e acompanhar o andamento de serviços no veículo com uma jornada 100% digital e agiliza o atendimento em todos os canais da marca.

A linha furgão e minibus Transit terá um ano de garantia e contará com serviços de pós-vendas e assistência técnica prestados pela atual rede Ford de 110 pontos distribuídos pela país, com o apoio de cinco centros de distribuição de peças.

Por