Transportadora Garbuio compra 43 caminhões extrapesados da Volkswagen

Entre os modelos escolhidos, o VW Meteor 29.520 6×4 serão usados no transporte de combustível, e VW Constellation 33.460 para o transporte de madeira no Projeto Star, iniciativa da empresa Bracell

A Transportadora Garbuio comprou um lote de 43 caminhões extrapesados da Volkswagen Caminhões e Ônibus. São os modelos Meteor 29.520 6×4 e o Constellation 33.460, que atendem o perfil e diferentes operações da empresa e já estão rodando pelas regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste do Brasil.

“Foi a opção que mais se encaixou com nossas necessidades, além de confiarmos na nova geração de caminhões extrapesados da marca. Esperamos um desempenho equilibrado entre economia de combustível e performance, além do já comprovado conforto e robustez do veículo. Acreditamos que são caminhões com potencial de crescimento no mercado; provando, na prática, sua capacidade de cumprir os objetivos esperados”, conta Helio Garbuio, diretor comercial da transportadora. 

A transportadora conta com o suporte da rede de concessionários em todo o Brasil, além do atendimento comercial e de pós-vendas da Marka Veículos, representante oficial da Volkswagen Caminhões e Ônibus e responsável pela venda. A concessionária, que tem sete filiais no interior de São Paulo, acompanha atenciosamente a Transportadora Garbuio há mais de 15 anos, na unidade de Bauru (SP).

Em operação, os caminhões Meteor 29.520 serão usados no transporte de combustível. Nesta operação, a Transportadora Garbuio é uma das principais prestadoras de serviço para a Petrobras. Já os Constellation 33.460 serão utilizadas para o transporte de madeira no Projeto Star, iniciativa da empresa Bracell, uma das maiores produtoras de celulose do mundo. A iniciativa tem por objetivo expandir sua capacidade de produção de celulose kraft, de 250 mil toneladas por ano para até três milhões de toneladas por ano.

Os extrapesados chegaram no mercado com o objetivo de fazer a marca crescer no segmento que mais se expande no Brasil. Segundo o fabricante, os modelos habilitam agora a marca em novas categorias, com soluções para atender à completa gama de caminhões de 3,5 toneladas a 125 toneladas.

Os modelos estreiam a nova geração do motor MAN D26 de 13 litros, desenvolvido e produzido no Brasil, primeiro país fora da Europa a fabricá-lo. São os caminhões mais potentes da marca em toda a sua trajetória, adentrando na faixa de 460 e 520 cavalos de potência.

Por