China lançou o foguete Longa Marcha 7, levando a nave de carga Tianzhou-2, do centro espacial Wenchang, em Hainan, no sul do país. A nave carregada de alimentos, equipamentos e combustível destinados à sua futura estação espacial, ainda em construção, entrou em órbita e abriu seus painéis solares. A montagem da estação espacial Tiangong-3 (imagem), que significa “palácio celeste”, exigirá dez missões e deverá entrar em operação em 2022.

Por