Scania vai suspender a produção por dez dias

Além da falta de peças e insumos, a decisão de suspender a produção na fábrica de São Bernardo do Campo (SP), visa colaborar para reduzir a propagação da Covid-19 no país

A Scania vai suspender temporariamente a produção na fábrica de São Bernardo do Campo (SP) a partir de 26 de março até 4 de abril, interrompendo por dez dias a montagem de caminhões, ônibus e motores.  

Além das dificuldades, com o descompasso na cadeia de suprimentos devido à falta de peças e insumos, a decisão negociada com o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC visa colaborar para reduzir a propagação da Covid-19 no país, com a diminuição do número de pessoas circulando durante o período de antecipação dos feriados na região de São Paulo e do Grande ABC.

A Scania informa em nota que as concessionárias e as oficinas permanecem em funcionamento, com exceção daquelas localizadas em estados ou cidades em que há orientação de encerramento das atividades pelo poder público. As casas que continuam em atendimento permanecem adotando rígidos protocolos de higiene e segurança.

Por