Santos é homologado para receber navios de 366 metros

Investimento do governo federal possibilita atracação das maiores embarcações da Costa Leste da América do Sul

Investimento do governo federal possibilita atracação das maiores embarcações da Costa Leste da América do Sul

O Porto de Santos obteve a homologação da Marinha do Brasil para receber navios de 366 metros, as maiores embarcações previstas para a Costa Leste da América do Sul. O Ministério da Infraestrutura (MInfra) investiu na dragagem do canal, possibilitando aumentar o calado, condição necessária para a chegada dos navios de maior porte.

“Foram investidos R$ 360 milhões por parte do Governo Federal, que trarão ao Porto de Santos, o maior e mais importante do País, uma nova perspectiva”, destacou o secretário nacional de portos e transportes aquaviários do Minfra, Diogo Piloni. “Com a atração de navios de 366 metros, e com as boas perspectivas trazidas pelo BR do Mar, se permite que Santos se torne de fato um porto concentrador, com grandes perspectivas de redução de custos para a carga”, afirmou.

A autorização para receber navios de 366 metros amplia a vocação de Santos como hub port da América do Sul. Com quase 30% da corrente de comércio nacional, o complexo portuário santista já se prepara para maiores movimentações de contêineres, com as ampliações previstas dos terminais já existentes e o planejamento da destinação de outras duas áreas, no Saboó, margem direita, uma para terminal portuário e outra para retroportuário.

O crescimento previsto é de 3,3% ao ano para este tipo de carga, saindo hoje de cerca de 4,4 milhões de TEU para 7,9 milhões em 2040, conforme projeção do Plano de Desenvolvimento e Zoneamento (PDZ) do porto de Santos, aprovado no ano passado. Hoje, o porto de Santos recebe embarcações de até 340 metros de extensão, com capacidade para cerca de 9 mil TEU.

Com a homologação pela Marinha de novo tamanho máximo para navios, será possível aumentar a capacidade para 14 mil TEU, considerando um navio porta contêiner com 366 metros de comprimento e 52 metros de boca (classe New Panamax).

Por