Brasil poderá introduzir novo combustível de aviação para reduzir custos

O querosene de aviação JET-A, de custo mais baixo, já comercializado no mercado internacional, poderá ser importado ou produzido nas refinarias do país; atualmente, apenas o tipo JET-A1 é vendido no Brasil

O governo federal está avançando na agenda para aumentar a competitividade do transporte aéreo no Brasil. Por iniciativa do Ministério da Infraestrutura, o país está atacando um dos principais custos do setor, que é o combustível de aviação. No dia 28 a diretoria da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) aprovou a realização de consulta e audiência públicas para a introdução, no Brasil, do querosene de aviação JET-A, já comercializado no mercado internacional. Esse combustível, mais abundante no mercado, poderá passar a ser importado ou produzido nas refinarias do país. Atualmente, apenas o tipo JET-A1 é comercializado no Brasil.
A única diferença entre o JET-A1 e o JET-A é o ponto de congelamento: o JET-A1 possui limite máximo especificado em -47° C, enquanto o JET-A possui limite em -40° C. O objetivo do governo é aumentar a oferta do querosene de aviação, gerando possíveis reduções de preços e custos das companhias aéreas. Estudo realizado pela ANP estima que é possível uma redução de até 0,6 % do preço atual. “Queremos possibilitar o aumento da concorrência entre as companhias e tarifas mais competitivas para beneficiar os passageiros”, afirmou Marcelo Sampaio, secretário executivo do Ministério da Infraestrutura.
A viabilidade técnica para a alteração regulatória foi avaliada em estudo conduzido pela ANP, com a participação de outros órgãos públicos, empresas e associações do setor, além da ASTM International, que desenvolve as especificações internacionais de combustíveis de aviação. O estudo teve ênfase na segurança operacional, mas sem desconsiderar questões de infraestrutura logística e aspectos econômicos. O querosene de aviação (QAV) é usado preferencialmente em aeronaves de grande porte, enquanto a gasolina de aviação (GAV) nas de pequeno porte.

Por