Volkswagen fornece 20 caminhões Constellation ao Corpo de Bombeiros

Os veículos, modelo Constellation 17.280 4×2, são equipados com transmissão automática Allison e serão usados pelo Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul

A Volkswagen Caminhões e Ônibus entregou 20 caminhões para o Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul, após a Mitren – empresa implementadora de viaturas de bombeiros, com sede em Santa Cruz do Sul (RS), – vencer a licitação promovida pela corporação em dezembro de 2019. Todos os veículos são modelo Constellation 17.280 4×2 equipados com transmissão automática Allison.

Os veículos foram projetados para atender as necessidades do Corpo de Bombeiros. Para isso, são equipados com uma bomba de vazão 2.850 litros por minuto a 10,5 kg/cm² de pressão, sistema de dosagem de espuma, bem como torre de iluminação comandada por controle remoto, com quatro holofotes, totalizando 30.000 lumens de fluxo luminoso para operações noturnas. A carroceria é construída em alumínio e possui amplos espaços para acondicionamento de materiais acessórios utilizados nas diversas funções que o veículo oferece.

“Estes veículos são customizados, desenvolvidos e produzidos sob o olhar da área de engenharia de veículos especiais da Volkswagen Caminhões e Ônibus, levando em conta as necessidades do corpo e bombeiros do Rio Grande do Sul e cumprindo as exigências e especificações técnicas do edital”, afirma Ricardo Alouche, vice-presidente de vendas, marketing e pós-vendas da Volkswagen Caminhões e Ônibus.

Entre as customizações realizadas nos veículos estão a transmissão automática Allison S300, com seis velocidades à frente e uma à ré; preparação para governador de pressão, permitindo controle preciso do regime de pressão da bomba de incêndio; baterias adicionais e alternador de 120 amperes, a fim de suportar toda a instalação elétrica e os equipamentos de uma viatura de bombeiro.

De série, os Constellation 17.280 contam com motor MAN D08 de 277 cv de potência e torque de 1.050 Nm. O propulsor tem tecnologia EGR para controle de emissões, dispensando o uso de Arla 32.  A Mitren transformou os caminhões em viaturas do tipo Auto Bomba Salvamento.

Por