Iveco concretiza maior venda de caminhões a gás na América do Sul

A Iveco entregará à transportadora chilena San Gabriel 35 caminhões Stralis NP movidos a GNL (gás natural liquefeito) para o transporte de produtos de grandes empresas

A Iveco vendeu 35 caminhões Stralis NP GNL (gás natural liquefeito) para a transportadora chilena San Gabriel. Os veículos 4×2 Euro 6 com motor Cursor 13, da FPT Industrial, serão utilizados no transporte de produtos de grandes empresas, entre elas a cervejaria AB InBev.

Esta venda representa a maior negociação de caminhões pesados movidos a combustíveis alternativos que a Iveco concretiza na América do Sul. A montadora é a primeira da Argentina a ter o certificado de homologação para fabricar caminhões movidos a gás natural comprimido (GNC), o Tector 160E2, e a iniciar o primeiro teste de circulação nos Andes com um Stralis NP.

“Somos pioneiros no uso de energias alternativas na América do Sul e os nossos produtos da linha Natural Power reduzem a emissão de gases nocivos e a poluição no transporte, além de beneficiar a operação do transportador. Temos o compromisso sólido em oferecer energia limpa para o transporte na região”, afirma Márcio Querichelli, líder da Iveco na América do Sul. 

Segundo a Iveco, os novos caminhões Stralis, que percorrerão as rotas chilenas, garantem redução de 60% na emissão de óxidos de nitrogênio (NOx) e de 99% de partículas, emitindo 95% menos CO2 com o uso de bioGNL. Os veículos possuem dois tanques de 540 litros cada e oferecem autonomia de até 1.600 quilômetros dependendo da operação da transportadora.

A empresa terá um posto de abastecimento de combustível em Linares, a 300 quilômetros de Santiago, e percorrerá até 1.500 quilômetros abastecendo uma única vez, circulando por várias rotas até o sul do Chile. 

“Temos um grande compromisso com o meio ambiente e com nossos clientes, e trabalhamos para fazer alianças estratégicas no continente, oferecendo amplo portfólio de produtos e serviços”, diz Marcelo Leonardi, diretor comercial de exportação da Iveco na América do Sul. 

O Stralis NP GNL integra tecnologia de última geração em segurança, como o ESP (programa eletrônico de estabilidade), o AEBS (sistema de freio automático de emergência), melhor eficiência com o DSE (sistema de avaliação dos motoristas) e DAS (suporte ao motorista), que avaliam em tempo real o estilo de condução da transportadora e oferecem indicações em tempo real para melhorias e para atingir o máximo potencial de economia e eficiência do veículo.

Na gama Natural Power, que inclui veículos movidos a GNV e GNL, a Iveco oferece quatro linhas de veículos e diferentes versões. São as linhas Daily, Tector e Stralis, esta última nas versões GNV e GNL. “Em médio prazo, o foco da empresa está na eletrificação, conforme evidenciado por nossa aliança com a Nikola Corporation para o desenvolvimento conjunto de veículos com emissão zero. Porém, nesta fase de transição entre o diesel e a eletricidade a melhor solução está na propulsão do gás natural, uma tecnologia madura, que já possui infraestrutura desenvolvida e que oferece grandes benefícios ambientais”, afirma Querichelli. “Por isso incorporamos na Iveco uma linha completa de produtos para atender às necessidades de todas as transportadoras que buscam reduzir o impacto ambiental das operações, seja qual for seu porte e ramo de atividade.”

Por