Iveco Bus entrega primeiro lote com 84 ônibus escolares

O modelo rural médio (ORE 2), com chassi Iveco 10-190, atenderá estados e municípios conveniados ao programa Caminho da Escola

A Iveco Bus iniciou a entrega do primeiro lote com 84 ônibus escolares, de total de 1.200 veículos que a empresa ganhou o direto de fornecer para os estados e municípios após vencer a licitação aberta em agosto do ano passado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia ligada ao Ministério da Educação.

Este lote contém ônibus escolar rural médio (ORE 2), com chassi Iveco 10-190. Os modelos farão o transporte de aproximadamente 50 mil alunos em regiões rurais do país. 

“Atualmente, temos cerca de 8.500 mil veículos em circulação no Brasil por meio do programa Caminho da Escola. Ficamos felizes em poder proporcionar para crianças e jovens um ônibus seguro e confortável. Para o poder público oferecemos baixo custo de manutenção aliado à durabilidade do conjunto”, afirma Márcio Querichelli, líder da Iveco para a América do Sul.

A participação da montadora no Caminho da Escola tem como objetivo ampliar a presença em licitações públicas e aprimorar o transporte escolar, com um portfólio de qualidade para todos os passageiros do Brasil. 

Para Renato Perrotta, gerente de vendas ao governo da Iveco, a negociação do FNDE amplia a participação do chassi 10-190 no segmento de transporte de passageiros. “Realizamos testes constantes para aprimorar o chassi e prepará-lo para operações em áreas urbanas e rurais”, diz o executivo. 

O modelo de 10 toneladas foi projetado e desenvolvido no complexo industrial da Iveco em Sete Lagoas (MG). Tem capacidade para 44 alunos e conta com o dispositivo de poltrona móvel (DPM) para pessoas com mobilidade reduzida. O sistema posiciona a poltrona do lado de fora do ônibus, o que permite ao passageiro embarcar e desembarcar sentado no seu assento.

Segundo a fabricante, o DPM não reduz a capacidade de passageiros, como acontece em veículos adaptados que utilizam elevador para cadeiras de rodas, e proporciona uma viagem confortável para o ocupante, ao contrário de modelos em que o cadeirante viaja no compartimento traseiro do veículo. 

O chassi possui motor N4 ID 138, da FPT Industrial, com quatro cilindros em linha e 190 cv de potência. Está equipado com sistema SCR, que atende às normas do Proconve-P7. A transmissão é Eaton FS 6206B, manual, de seis marchas, com escalonamento compatível com as operações rurais e urbanas.

Por