Praxio cresce 49% e obtém receita de R$ 70 milhões

Com uma série de investimentos, aquisições e parcerias, a empresa de tecnologia para gestão de transportes faz uma série de lançamentos neste ano

A Praxio, empresa que fornece tecnologia ERP para o setor de transporte, fechou 2018 com receita de R$ 70 milhões, o que corresponde a um crescimento de 49% em relação a 2017. Os números são resultado de um plano estratégico iniciado em 2015, quando realizou investimentos de aproximadamente R$ 15 milhões em pesquisa e desenvolvimento de produtos e de R$ 40 milhões em aquisições de novas companhias. A ação ampliou sua abrangência para o mercado latino-americano, reforçando a oferta de tecnologias para gestão nas áreas de transporte rodoviário de passageiros e de logística. A companhia atuou por 30 anos como BGM Rodotec e com a adoção do nome Praxio também estabeleceu um novo posicionamento de mercado.

A Praxio adquiriu a Avacon, uma empresa especializada em desenvolvimento de soluções para logística. Como resultado dessa incorporação, a companhia faz o lançamento do Avacorp-i, um software de gestão ERP que conta com sistemas TMS e WMS (armazenagem), além de rastreamento e gerenciamento de risco.

Outro processo decisivo foi a aquisição da Autumn, empresa brasileira que há 20 anos desenvolve soluções tecnológicas para o transporte rodoviário
de passageiros, o que ampliou o market share da Praxio para 52% neste mercado. Desta coparticipação, surge o Siga-i, software de gestão ERP que atende micro e pequenas empresas do setor.

As novidades incluem até o software de gestão Globus, que recebe extensões em 2019, como o lançamento dos módulos de encomendas, caixa web, torre de controle operacional, inventário virtual e diversas ferramentas para gestão e análise de dados. Para Valmir Colodrão, CEO da
Praxio, as perspectivas para o futuro são otimistas. “Estamos suficientemente capitalizados para seguir adquirindo empresas
estratégicas para o segmento”, afirma. A empresa projeta um crescimento de 20%, chegando a um faturamento de R$ 85 milhões, projeção que pode ser ampliada caso haja novas companhias adquiridas.

novidade – Entre os lançamentos da Praxio em 2019, o maior destaque é a plataforma Luna, que oferece venda online de passagens rodoviárias em formato ampliado.

Com ela, as empresas de transporte rodoviário podem comercializar passagens em diferentes canais como agências de viagem, pelo site, em portais web e totens eletrônicos. A principal inovação é a venda embarcada, em que o próprio motorista, por meio de um aplicativo para celular,
vende a passagem na porta do ônibus.
Assim, é possível aproveitar cada assento vago da frota até o último minuto antes da viagem.

A plataforma também disponibiliza o Guichê POS, um recurso bastante inovador, de acordo com o fabricante. Uma máquina portátil com tecnologia 3G substitui os tradicionais computador e impressora, e
atende locais com demanda de passageiros em que não há infraestrutura para venda por agência.

Além desses benefícios, os recursos da Luna são integrados nativamente aos softwares de gestão ERP. As informações de vendas são extraídas e repassadas em tempo real, contando com armazenamento em nuvem, que oferece segurança e privacidade.

Simplificamos o processo da venda de passagens rodoviárias como um
todo, pois não será mais preciso gerar voucher, nem passar no guichê da companhia antes do embarque para validar o bilhete. Isso acelera o processo para todas as partes e economiza recursos, diz Colodrão

A empresa segue ampliando sua oferta de soluções para o segmento do transporte rodoviário de passageiros. Tendo investido cerca de R$ 8 milhões no desenvolvimento da plataforma Luna, espera ampliar sua participação no segmento de venda de passagens. “Esse mercado reúne aproximadamente 400 empresas no Brasil, e 70% já são nossas clientes. Vamos oferecer a plataforma para todas elas”, observa.

Por